AMS dating wood

Datação Por Carbono de Madeira Por AMS

Tamanho de amostra recomendado (É possível fazer a análise de amostras menores – Por favor entre em contato conosco para maiores informações)
3 a 100 miligramas (para o AMS), 20-50 gramas requeridas (para o RadiometricPLUS)
Recipiente recomendado
Saco plástico com fecho, estilo Ziplock (embrulhar amostras pequenas em alumínio para evitar esmagamento durante transporte)
Recomendamos que o envio das amostras seja realizado em pequenas caixas sempre que possível (em vez de usar envelopes) para proteger a integridade física das amostras.
Favor consultar o laboratório antes de enviar amostras de madeira que tenham sido conservadas.

Obs – As taxas incluem medições de δ13C, relatórios de garantia de qualidade, calibração de calendário quando necessária, acesso eletrônico permanente a resultados anteriores e análises em andamento.

Pré-tratamento – É importante compreender os ré-tratamentos aplicados às amostras, visto que os mesmos afetam diretamente o resultado final. Fique à vontade para entrar em contato conosco para discutir sobre os pré-tratamentos ou solicitar que entremos em contato depois que os mesmos tenham sido feitos (e antes da datação). Os custos dos pré-tratamentos de extração de celulose e de extração de solvente são incorridos mesmo se as análises de radiocarbono forem canceladas, devido ao custo elevado para o laboratório em tempo e recursos.

Amostras Encharcadas – Você poderá enviar amostras encharcadas de madeira para a datação por radiocarbono. Favor observar que o peso da água pode variar de 50% a75%, dependendo do grau de saturação. Por garantia, recomendamos que envie o dobro ou o triplo da quantidade que recomendamos para as amostras secas (ex. ao invés de enviar 50 mg de madeira seca, favor enviar de 100 a 150 mg de madeira encharcada para a datação por EMA). Favor consultar o laboratório se você tiver uma quantidade insuficiente de amostra.

Ao enviar amostras encharcadas, favor colocar a madeira em uma sacola ou bolsa com fecho (não envie uma quantidade adicional de água). Enrole ou esprema a sacola ou bolsa para remover a maior quantidade possível de ar e, em seguida, vede e envie a sacola ao nosso laboratório para análise.

Pode ser complexo coletar amostras de madeira que tenha sido conservada. Um exemplo de material como este é a madeira usada em navios. É melhor coletar amostras em áreas que não apresentam ranhuras ou fissuras pois os aditivos utilizados na construção do navio, tal como o creosoto (usado para inibir a presença de cracas ou vermes de madeira), pode fazer com que a idade da madeira seja demasiadamente avançada.

Dicas e Recomendações Para a Coleta:

1 – Escolha uma área sem sinais de deterioração ou a presença de insetos. Também certifique-se de que a área não apresente sinais de que tenha sido tratada com goma-laca, óleo, cola e outros conservantes ou aditivos.

2 – O ideal é que a amostra seja retirada da parte mais externa do pedaço de madeira para garantir que os anéis de crescimento mais externos sejam datados e os resultados revelem o momento aproximado da morte da árvore com a maior precisão possível (a idade inferida de fabricação).

3 – Obtenha duas (2) brocas holecoidais novas para madeira. Os tamanhos aproximados recomendados são de 5/32 de polegadas (3.9688 mm) para a primeira perfuração e 1/8 de polegada (3.1750 mm) para a segunda. Limpe estas brocas antes de usá-las. Use acetona para remover quaisquer óleos de máquina e, em seguida, deixe-as secar naturalmente. Alternativamente, você poderá limpar as brocas queimando-as com uma tocha de propano / ar quente até ficarem vermelhas e, em seguida, deixe-as esfriar naturalmente.

4 – Faça um furo de ~ 5/32 polegadas (3.9688 mm) com uma profundidade de aproximadamente 1/4 a 3/8 polegadas (6.3500 a 9.5250 mm) e descarte as aparas. Poderá ser necessário perfurar mais profundamente se a madeira estiver podre ou tiver sido alterada. Procure chegar à madeira que não teve contato com nenhum tipo de contaminação de superfície.

5 – Coloque o objeto de lado e coloque um pedaço de folha de alumínio debaixo da área que será perfurada. Você poderá comprar uma folha de alumínio de 4 x 4 polegadas (10 x 10 cm), que não precisa ser limpa previamente.

6 – Faça o segundo furo com a broca de ~ 1/8 de polegada (3.1750 mm) no centro do furo piloto de ~ 5/32 de polegada (3.9688 mm) e deixe que as aparas caiam sobre a folha de alumínio. Geralmente é melhor usar uma furadeira menos veloz na segunda perfuração para que a madeira não se transforme em pó. É melhor ter aparas do que serragem.

Junte de 100 a 200 miligramas de aparas de madeira. Dependendo da densidade da madeira, isto equivale aproximadamente ao tamanho de uma pequena borracha na extremidade de um lápis tradicional ou a um quarto de um palito de dente.

7 – Uma vez que as aparas tenham caído sobre a folha de alumínio, dobre-a no formato de um pequeno embrulho. Coloque um rótulo no embrulho com um marcador de tinta indelével (como os da marca “Sharpie”) com um nome de identificação ou código de amostra que você queira que seja incluído no relatório de resultados. Coloque o embrulho de folha de alumínio em uma sacola ou bolsa com fecho antes de enviá-la ao laboratório. Coloque um rótulo na sacola ou bolsa, incluindo o mesmo nome ou código.

8 – Ao enviar amostras ao laboratório, recomendamos os serviços oferecidos por empresas como a FedEx, UPS, DHL, TNT, etc., as quais oferecem a possibilidade de fazer o rastreamento da encomenda. No entanto, utilize o serviço de encomendas que lhe seja mais conveniente.

Favor enviar o nome da empresa de encomendas e o número de referência para o email lab@radiocarbon.com para que possamos fazer o rastreamento das amostras enviadas ao nosso laboratório ou a qualquer um de nossos escritórios de encaminhamento (os endereços podem ser encontrados aqui).

Mais informações sobre a Datação AMS de Madeira

Efeito da Madeira Antiga
Contaminação de Amostras de Madeira
Efeito da Contaminação nos Resultados de Datação por Carbono
Pré-tratamento de Madeira
Pré-tratamento Químico de Madeira